Camisa: três formas de usar*

Mah / 15 fev,2018 /Moda

Tem dias que paramos em frente ao armário e não saímos mais. É um tal de “Não tenho roupa!” que só Deus! Parece que a cabeça trava e não vem mais ideias de como usar ou combinar as peças de maneira diferente, né? Fiquei aqui pensando se tinha algum item que eu consigo usar de diversas formas e logo me veio em mente: CAMISA!

A camisa é tão versátil que basta uma na cor branca e acessórios diferentes que a vida flui. Montei três opções usando peças da AMARO, mas as sugestões vão muito além para esta peça curinga.

PAUSA DRAMÁTICA: Foca aqui que com este link você tem 15% de desconto na sua primeira compra utilizando o app da AMARO. Precisava fazer esta pausa porque desconto sempre é bem vindo. hahahhaha.

VOLTANDO…

Na primeira sugestão eu coloco ela como vestido, usando um shorts bem curto que aparece só um tico. Nos pés os sapatos que preferir; eu usei um baixo porque tinha muita perna aparecendo e achei melhor. Ah! O cinto é uma faixa que eu tinha em casa e só dei um laço marcando a cintura. Depois é só colocar uma bolsa e sucesso.

Esqueci de mencionar o sutiã de renda aparecendo! Pensei em fechar mais a camisa depois olhei novamente e deixar ele aparecer, dependendo do ambiente, é uma opção bem interessante.

Segunda sugestão é como “camisa mesmo”. HAHAHHAHA ALOKA! Camisa, calça, scarpin; acho que não existe combinação mais rápida e certeira do que esta. Depois podemos evoluir para uma calça flare, para um nó na camisa, um colar por cima da gola, ou uma saia longa. Diversas opções. \o/

Por fim, a camisa como terceira peça. Na foto eu poderia usar uma jaqueta ou blazer, mas coloquei a camisa que é mais leve e faz o mesmo papel. Só deixar aberta e você tem uma opção para os dias não tão frios.

Nas fotos eu usei as seguintes peças (só clicar em cima de cada uma para o link abrir):
Camisa branca / camisa verde / calça preta / body preto e branco / mule de tachas

Rápido e já temos três looks para a semana!

Beijos
Mah

*Publicidade

Linha CoCo LoCo | Lee Stafford

Mah / 13 fev,2018 /Cabelos

Quando se trata de produtos para o cabelo sempre tenho vontade de testar aquilo com mais óleo, mais manteiga, mais lipídio possível. Tenho cabelo seco e sempre opto, em primeiro lugar, por uma linha de nutrição. Depois disso vou ajustando conforme o cabelo pede. Sendo assim, logo que vi a linha CoCo LoCo me deu vontade de testar. Siiim, estamos ainda na vibe do coco, do óleo de coco e tudo mais que a fruta pode nos oferecer. Porém, quem tem cabelo seco e cuida dele loucamente faz tempo, sabe que o coco está na nossa vida há anos. <3

A linha conta com quatro produtos: shampoo, máscara, condicionador e a loção capilar. Esta última não está na minha resenha.

De acordo com a marca, a linha é indicada para cabelos danificados; garantindo nutrição, maciez e “reparo” para estes fios.

Todos os produtos possuem um cheiro bem forte de coco, se você não gosta ou tem algum problema com aromas fortes, eu não indico. É passar no cabelo e sentir o cheiro pela casa inteira. Para mim isso não é algo negativo, mesmo porque eu passo creme após a lavagem… Então eu nem sinto o cheiro depois.

Shampoo vem em uma embalagem de bisnaga com 250ml. Eu fico aqui pensando com meus botões “Como é viver com uma embalagem de 250ml? Como usar isso no cabelo e fazer durar?”. Sim, sei que tem pessoas que utilizam esta bisnaga por muito tempo, mas como tenho bastante cabelo na cabeça, fico receosa ao ver apenas 250ml…

Como um bom shampoo de nutrição, ele é leitoso e perolado. Faz uma espuma cremosa e limpa os fios sem deixá-los ressecados. Diria que limpa sem agredir. Antes que me perguntem, o shampoo possui sulfato; CoCo LoCo não é uma linha liberada.

A máscara é algo muito, mas MUITO BOM! Sério, eu fiquei estarrecida com o resultado dela no meu cabelo. Sempre é bom lembrar que tenho os fios crespos e descoloridos; ou seja, seco duas vezes! hahaha. Esse potinho de 200g é MARAVILHOSO! Consistente, oleosa, nutritiva e cremosa. 

Quando apliquei no cabelo já senti os fios macios, hidratados e com um toque diferente. Deixei agir por uns 15 minutos e após a lavagem o resultado é sucesso de audiência. O que me deixa triste é a quantidade: 200g eu passo apenas duas vezes no cabelo (e isso sendo beeeeem legal). Não indico para quem tem fios oleosos porque ela pode pesar. Contém AMODIMETHICONE.

Por fim o condicionador que também, assim como o shampoo, vem em bisnaga com 250ml (o que me dá dor no coração porque eu taco condicionador no cabelo feito uma louca). Possui AMODIMETHICONE na fórmula e finaliza a lavagem fornecendo aos fios maciez, brilho e sedosidade. Desembaraça muito bem o cabelo assim como a máscara.

Quanto?
Shampoo R$51,90
Máscara R$65,90
Condicionador R$53,90

O que achei no final das contas?
Gostei muito, o que não me deixou alegre foi a quantidade nas embalagens. Olhei pela internet e não achei opção em tamanho maior, sendo assim eu não compraria a linha inteira porque uso muito, mas MUITO produto no meu cabelo. Só compraria a máscara porque achei MARAVILHOSA. Ah! Lembrando que recebi da assessoria.

Indico para quem está com o cabelo danificado ou tem fios secos. Se você possui cabelo oleoso melhor passar longe porque a linha pode pesar. Agora se faz alguma química, pode usar que é sucesso.

Como não é um produto barato, acho interessante usar quando o cabelo está gritando por ajuda sabe? Depois você pode ajustar com outras linhas e alternar o uso. Não sinto que seja uma linha para ter sempre em casa, mas sim quando o cabelo precisa de ajuda.

Espero que tenha ajudado! \o/

Beijos
Mah.

Carta da semana por Renata Ruiz | 12 à 18 de fevereiro

Mah / 12 fev,2018 /Carta da Semana

Rei de Espadas

Quando fui tirar a carta desta semana, fiquei pensando em qual baralho usar. E logo veio à minha mente: Shadowscape Tarot. São cartas belíssimas e muito delicadas, uma verdadeira obra de arte. Ganhei do meu marido o ano passado, e jogo somente para mim ou em momentos muito especiais, pois estas cartas são muito mágicas. E este momento mereceu isso.

A carta que saiu foi o Rei de Espadas. Gosto muito da descrição do livro que acompanha o baralho, pois mostra a força desta ilustração, pois o Rei está na vertical segurando a sua espada no ar, mostrando o pilar de sua força e moralidade. Traduzindo literalmente o que está escrito, “ele detém o poder sobre a vida e a morte”, ele decide e corta o que for necessário. Ele é um guerreiro e está preparado para a ação. Além da força, ele detém a sabedoria, representada pela coruja na ponta de sua espada. Há também toda a ancestralidade que ele reserva para utilizar em momentos adequados, onde consegue equilibrar a arte e a ciência.  

Achei muito pertinente esta carta, pois na semana passada mostramos que o caminho estava aberto, com muitas esperanças, onde qualquer sonho poderia ser colocado em prática. Se você fez este movimento, agora o Rei de Espadas convida você a usar a sua inteligência e conhecimento para resolver o que vem pela frente, pois você está pronto para lidar com tudo isto.

Sabemos que estamos em pleno Carnaval, mas não podemos deixar a vida de lado, temos que saber como lidar com tudo de maneira nobre, com a conduta de um rei.

Use todos estes atributos e deixe prevalecer a razão ao invés da emoção, seja um estrategista como este Rei, e mostre a sua liderança e seu arrojo em novos projetos ou nos quais está participando. Pode também simbolizar o surgimento de uma pessoa com estas características em sua vida, com dotes intelectuais e capacidade para promover mudanças. Fique atento.

Boa semana a todos.

Gratidão
Renata Ruiz

Carta da Semana por Renata Ruiz | 05 à 11 de fevereiro

Mah / 05 fev,2018 /Carta da Semana

 

A Estrela e o Ás de Ouros

Esta semana acabei fazendo uma jogada diferente, porque ao tirar uma carta saíram duas. Como não discuto com o tarot, é esta a mensagem que tenho que passar para vocês. E uma completa a outra.

A jogada (vou chamar assim porque saíram duas cartas) foi A Estrela e o Ás de Ouros. Incrível que a terceira semana seguida saiu um Ás. Pode parecer que eu não sei o que estou fazendo, mas acredito que tem tudo com o momento e vocês verão que eu, ou melhor, o tarot, tem razão. Como diz um grande mestre meu: “Tudo está certo como está”.

A Estrela traz boas perspectivas, esperança, é o momento para acreditar no futuro. Como já disse o Ás é o início, e o de Ouros traz a prosperidade e a chance de um êxito duradouro. Realmente é para ter fé naquilo que acredita, mesmo que esteja passando por um momento turbulento e incerto. A Estrela mostra que você precisa ver a luz no fim do túnel, e o Ás de Ouros comprova isso, é um momento favorável para colocar em prática os seus sonhos, confiando em sua intuição. Se quer iniciar algo novo, um novo projeto, um novo relacionamento agora é o momento.

Não pensem que estou louca, apenas estou seguindo o que o tarot tem a dizer. Sabemos que aqui no nosso país tudo começa após o Carnaval, mas esta semana que antecede o feriado mais esperado, pode ser usada para arquitetar seus passos, ter pensamentos realistas, virar a página e começar a escrever um novo capítulo.

Como o naipe de Ouros retrata o material, vou falar um pouco mais deste aspecto. A Estrela ilumina os projetos e os torna muito promissores. Se quer mudar de carreira, é hora de pensar em seguir sua vocação, começar algo novo e com grandes perspectivas. Se os problemas não estão sendo resolvidos, agora aparecerá a solução, mesmo que de forma tímida mas forte. É hora da aventura e da esperança para quem atravessou a quebra de todos os valores e teve que reconstruir do zero. Olhe para a luz da Estrela que brilha e siga com fé. E o Ás de Ouros só reafirma esta explosão da nova energia para a realização material. Espalhe as sementes para colher o sucesso depois. Aproveite que os caminhos estão abertos. Concentre-se, reconheça e veja suas habilidades. Há boa chance para ganhar dinheiro, progredir profissionalmente e ter negócios promissores.

No âmbito amoroso, A Estrela mostra um relacionamento com boas perspectivas, com planos para um futuro em comum, reforçado por uma união sólida e duradoura do Ás de Ouros.

O conselho final é confie no momento favorável que a Estrela traz, e olhe com esperança para o futuro, enquanto que o Ás de Ouros mostra que há realização material e de sucesso.

Uma semana abençoada,

Gratidão.
Renata Ruiz

Quando teu céu escurecer, deixa chover! | Rita Lima

Mah / 30 jan,2018 /ETC

Já faz um tempo que eu me tornei uma grande admiradora das tempestades de final de dia. Sabe aquelas de verão, que vem após um dia quente e deixa o céu todo tomado por nuvens pesadas, escuras, de dar medo? Pois é. Essas!

Antigamente eu tinha pavor de ver o céu assim. As mulheres da casa, mamãe e vovó, também colaboraram pra esse medo crescer. Era um tal de “tira tudo da tomada!”, “não fica descalça!”, “não pode olhar no espelho por causa dos relâmpagos!” e muitas outras frases ditas com a voz em alerta. Não tinha como não temer! Tempestade era momento de medo e sensação de quase-morte.

Acontece que nós crescemos, a vida girou, vovó já não está entre nós e tantas “lendas urbanas” daquele tempo ficaram pra trás… Algumas porque descobri que eram totalmente infundadas, outras porque ela levou consigo quando partiu. Mas as tempestades… Essas ainda me davam medo. Até o dia que parei para observá-las melhor…

É muito engraçado como a natureza é grandiosa e nos ensina tanto, mas tanto, que a maioria das lições passam despercebidas, não é mesmo? A tempestade é uma delas. Sempre reagimos com raiva, com tristeza, com medo, como se o ato de chover fosse quase uma ofensa dos céus. Mas olhando de perto, na verdade, é uma das lições mais importantes da vida, uma vez que nós também chovemos o tempo todo.

A chuva nada mais é do que o ciclo da água em movimento. Somos feitos de água, a vida é feita de água… Logo: ela representa nossos próprios ciclos. Pensa comigo: quantas vezes algum problema já lhe acometeu de tal forma que os pensamentos pareciam turvos? Sabe quando parece que algo na vida não tem saída? Então… Muitas vezes chamamos de “fundo do poço”. Eu passei a chamar de “cumulus nimbus”, que é o nome científico das “nuvens pesadas” que antecedem as chuvas. Porque no fundo, é isso mesmo: problemas que te tomam, te deixam com aquela aflição que te impedem de ver teu céu azul, tua solução.

Então, geralmente, é o momento em que não aguentamos e choramos. Quer seja com uma amiga, quer seja no nosso travesseiro, com a família… Nós simplesmente esmorecemos e choramos! Com aquele alívio do pós choro parece que os pensamentos até começam a ficar mais nítidos, não dá pra explicar. Mas algo tem que ser feito e assim, após um período de desespero e choro, nos colocamos a resolver. Independente do tempo que levamos para solucionar, o fato, é que em algum momento aquele problema que parecia aterrador simplesmente some! Percebeu que é igualzinho às nuvens negras que tanto nos apavoram? Pois é. Ou os problemas são resolvidos, ou eles vão diminuindo de tamanho e importância, ou são substituídos por fatos mais relevantes, enfim: em algum momento, aquilo que te afligia simplesmente toma outra dimensão, até sumir.

Se você pensar bem, olhar um pouco pra tua vida e para o tanto de coisas que você já passou, vai perceber duas coisas muito bacanas: a primeira é que você sobreviveu a 100% dos teus dias ruins até aqui. Parabéns! A segunda, é que você também sobreviveu a todas as tempestades que já presenciou na tua vida, desde a infância até agora. Olha que lindo! Então… Se as tempestades passam e os problemas com o tempo se resolvem… Por que temer a ambos?

Quer uma dica? Nas próximas chuvas pesadonas, quer seja no céu ou dentro de ti, pega tua xícara favorita, faz um chá (ou um chocolate, ou um café, enfim… Coloque tua bebida confortável favorita), sente-se em um lugar aconchegante e apenas observe. Olhe atentamente… Não tem como escapar: VAI chover. Então deixe que chova! Logo mais, quando tudo isso se for, dias de sol estarão prontinhos a esperar. Esse é o ciclo da natureza. Esse é o ciclo da vida! Acalma teu coração, tua mente, observe quantas lições incríveis recebemos todos os dias… E siga em paz.

Namaste.