Motivos para deixar o cabelo natural

23
jan

CALMA CALMA CALMA! Isso não é um ode ao cabelo sem química, vocês sabem muito bem que eu adoro química e não tenho nada contra. A gente deve fazer o que tiver vontade sem nos prendermos à nada. Quero mostrar neste post alguns motivos legais, que eu mesma percebi, para deixar o cabelo crespo natural. =)

*Conhecer o seu fio
Sabiam que existem tipos diferentes de fios? (falarei disso em breve). Pois então, na maioria das vezes quando usamos química, nem sabemos qual o nosso tipo de fio e nem como tratá-lo. O cabelo natural nos permite isso, conhecer melhor.

*Não se preocupar com a raiz gritando
HAHAHhahahhaa Este é o melhor motivo de todos! Quando a minha raiz começava a crescer eu ficava louca e usava faixas e outros acessórios para disfarçar. Com o cabelo natural não precisamos nos preocupar com isso! Quando ele cresce a gente fica bem feliz, isso sim.

*Mais fácil de deixar o cabelo saudável
Sem química no cabelo é bem mais fácil de deixá-lo saudável. Vejam bem, não quer dizer que apenas deixando o cabelo natural ele automaticamente está saudável. Temos que cuidar do mesmo jeito que cuidamos de um cabelo com química. A diferença é que fica mais fácil de obter resultado porque não colocamos uma química ali com frequência.

*Ver como você fica do jeito que Deus fez
Este é um motivo bem legal. Muitas pessoas dizem que o cabelo natural é o que mais combina com você, e no fundo eu concordo. Ver como é o seu cabelo e como ele complementa o seu rosto é bem divertido e diferente. Pelo menos foi diferente para mim, já que eu nem me lembrava como era sem química.

É isso! Estes foram os meus motivos! Mas eu falo mais uma vez que se você quer usar química, USE! Nós podemos fazer o que der na telha e ninguém pode nos julgar, só Deus! hahhahaha E eu mesma vou pintar o cabelo quando aparecer brancos. \o/

E vocês? Têm algum motivo para deixarem o cabelo natural?

Beijos
Mah


Postado por Mah às 15:28 na(s) categoria(s) Cabelos, ETC

Você poderá gostar também de:





Das coisas que eu espero de 2014

06
jan

PRIMEIRO POST DO ANO!

Feliz Ano Novo para vocês! \o/ Espero que as festas tenham sido ótimas e muito obrigada por estarem comigo no ano que passou.

Pensei sobre o primeiro post do ano e resolvi escrever sobre as coisas que espero que aconteça. Confesso que sempre escrevo uma listinha com desejos para o ano que se inicia e colo na porta do meu armário. Na maioria das vezes eu não completo nem metade da lista. =/ Por isso, este ano farei diferente! Nada de listinha na porta do armário! Tenho sim meus desejos e vontades, mas vou realizando aos poucos sem nenhuma pressão psicológica (porque é para isso que servem aquelas malditas resoluções de Ano Novo!).

Mas então o que você espera de 2014 Maraisa? Vou listar neste post coisas mais simples que facilitariam a minha vida.

- Parar de pensar no que as pessoas pensam de mim
Sim, acho que não só eu como a maioria das pessoas se preocupam muito com o que os outros pensam de si. Isso nos consome e faz com que, de certa forma, vivamos em função do outro em alguns momentos da vida. Sou bem resolvida em muitos aspectos, mas algumas vezes ainda me importo com a opinião alheia.

- Viver mais o presente e não enlouquecer pelo que ainda não aconteceu
A gente se preocupa tanto com o nosso futuro, mas tanto, mas TANTO, que acaba não vivendo o momento atual. E não digo preocupações grandes como comprar um apartamento, digo que nos preocupamos com o que comprar de presente para uma amiga que fará aniversário em dois meses. Eu sou assim, sofro por antecipação sabe? “O que farei de jantar amanhã?” ” Preciso colocar a roupa para lavar quando chegar em casa”, “Domingo vou acordar cedo para limpar a casa”. Tá certo, temos que fazer TUDO ISSO, mas não de maneira torturante como eu faço. =(
Farei com a minha mãe um cardápio para a semana aos sábados ou domingos e também escreverei os assuntos pendentes da semana. Nada de neura sem motivo.

- Agradecer mais vezes por tudo o que tenho
Minha família é muito religiosa e em cresci aprendendo a ter fé e sempre agradecer. Todos os dias quando acordo e antes de dormir agradeço à Deus pelo dia que se inicia e acabou. Mas, confesso que em alguns momentos da minha vida me perco nos pensamentos e deixo de ser agradecida pela minha vida. Claro que todo mundo sempre quer mais, mas antes de ter mais, que tal agradecer tudo que Deus nos deu?

- Ler mais livros do que li em 2013
Eu sou doente por livros e anoto todos que leio durante o ano. Em 2013 eu li 19 livros e comprei um número bem maior do que este. HAHAHHAHA Espero ler no mínimo todos os livros que comprei no ano anterior, que não foram poucos.

É isso!
Poucas coisas que me deixarão bem mais leve neste ano! E vocês? Alguma resolução para 2014?

Beijos
Mah

 


Postado por Mah às 15:40 na(s) categoria(s) ETC

Você poderá gostar também de:





Das coisas em que eu acreditava quando criança

19
dez

AAHHHH! Aposto que todo mundo já acreditou em muita coisa e depois, quando cresceu, se decepcionou ao saber que era tudo mentira. hahhaaa
Resolvi fazer uma listinha com as coisas em que eu acreditava quando era uma pequena Maraisa. (Não que eu seja grande agora né? Meus 1,56 que o digam! HAHAHAHA)

- As bonecas falam quando não estamos perto
E os ursinhos também! Sempre achei que quando eu virasse de costas as minhas Barbies conversavam entre si, andavam, viviam toda uma vida. Aí, quando eu voltava elas corriam para a posição em que as deixei e viravam bonecas novamente. O filme Toy Story tá aí para comprovar que eu não era a única a pensar isso! =)

- A minha mãe tinha a capacidade e me ver no colégio mesmo trabalhando
Mamãe Edna ia buscar eu e a Mona no colégio e voltava falando tudo o que fizemos durante o dia. A gente achava que ela, por ser a nossa mãe, tinha a capacidade de ver o que fazíamos mesmo estando longe. O pior que ela acertava tudo sabe? Acertava que eu não tinha comido todo o lanche, que tinha brigado… morria de medo de fazer coisa errada! HAHAHHAHAH

- Palhaço é do mal e assusta crianças
Até hoje eu não gosto de palhaços! Não vejo graça nas palhaçadas deles e não gosto de interagir. Na minha cabeça eles sempre corriam atrás das crianças para fazer algum mal sabe? Aquela cara pintada para disfarçar e você não reconhecer que na verdade ele era uma pessoa ruim.

- As coisas tem sentimentos e não podemos mal tratá-las
Sim, eu achava que tudo tinha sentimento. As bonecas, os ursinhos, a cadeira, a cama, o cobertor, TUDO. E se a gente maltratasse, jogasse no chão ou batesse, a coisa sentiria dor e ficaria triste. Por isso tinha que cuidar bem de tudo para não deixar triste.

- Tampando o ralo do box do banheiro faria uma piscina 
Olha isso foi a minha irmã que me ensinou! A gente colocava o tapete em cima do ralo e esperava encher de água com a esperança de que o box viraria uma piscina. Sim, na nossa cabeça a água não escorreria para a casa toda. Ah, e nunca deu certo! =(

Por hoje é só! HAHAHhAhAhahah No que vocês areditavam quando criança?

Beijos
Mah


Postado por Mah às 15:00 na(s) categoria(s) ETC

Você poderá gostar também de:





Na prateleira dele…

05
dez

Meu namorado é uma pessoa bem difícil e não gosta de quase nada. Quando recebo perfumes masculinos sempre tento dar para ele mas na maioria das vezes sempre escuto um “Não gostei Baby!”. ¬¬ HAJA! HAHAHHAhAHa

Eis que ultimamente ele tem gostado de mais perfumes que eu dou, e sempre alterna com o perfume preferido da vida que eu já perdi as contas de quantos vidros ele já comprou: The Secret, Antonio Banderas.

Resolvi perguntar para ele o que acha de cada perfume e segue abaixo a opinião do Sthefano. (hahahah foi bem engraçado ouvir as descrições dele!)

- Polo Red, Ralph Lauren
“Ele é gostoso, amadeirado e eu achei forte. Não é nenhum pouco fresco. Você passa um pouquinho e já fica, entendeu? É um perfume para sair.”

- The Secret, Antonio Banderas
“É o que eu mais gosto porque é sedutor! HAHAHHAHAHAH (eu e ele rimos alto depois dessa) Eu acho que é o que fica melhor na minha pele e que a Mara mais gosta. É mais ou menos como o Red, bem forte, mas no final eu acho um pouco doce. Já comprei um monte dele e acho que dá para usar pra sair e para trabalhar, mas eu uso mais para sair.”

- Guilty Black, Gucci
“Eu acho um perfume mais elegante, mais formal, mais sério. Legal para trabalhar sabe? Não é forte.”

- Natura Homem Zero Grau
“É tipo esporte, para usar na praia. Acho que é tipo uma água de banho.”

- L’Homme Sport, Roger & Gallet
“Ele tem um cheiro de mato, do capim. Eu gosto porque é forte mas não dá dor de cabeça e acho que tem cheiro de ervas. É mais fresco que o da Natura e também acho que é para praticar esportes. Uso para trabalhar porque prefiro algo mais leve durante o dia.”

- Avon Instinct
“Ele não é forte e eu uso para trabalhar. Acho ele bom mas tenho a sensação que o cheiro dele some ao longo do dia.”

Vocês perceberam que as descrições dele se baseiam em forte e fresco? HAHAHAHHAh Gente, eu não sei como ele consegue descrever perfumes assim! Na minha opinião o The Secret é o melhor porque tem cheiro de homem que te pega com jeito sabe? Polo Red eu imagino um homem mais velho utilizando, não sou muito fã porque ele fica uma vida na roupa e pode dar uma dorzinha de cabeça. Guilty Black já fiz resenha e Avon Instinct também. Natura Homem Zero Grau é a cara do verão! Fresco, delicioso e perfeito para os dias mais quentes. Por fim, L’Omme Sport é forte e na minha opinião não é muito fresco não! Acho ele bom para usar nas noites de verão. =)

Beijoos
Mah e Sthefano


Postado por Mah às 9:55 na(s) categoria(s) ETC, Pele

Você poderá gostar também de:





TAG: 7 pecados capitais da beleza

28
nov

Mais um vídeo de TAG para vocês! Espero que gostem. =)

Beijos
Mah

 

 


Postado por Mah às 14:49 na(s) categoria(s) ETC, Vídeos

Você poderá gostar também de: